Presente em uma disciplina especial do curso da pós-graduação Design de Superfície e Estamparia da Universidade Federal de Santa Maria, a professora e artista plástica, Celaine Refosco, teve a oportunidade de acompanhar os alunos e, em parceria com a Real Estúdio viabilizar a concretização de amostras das artes desenvolvidas. As estampas foram expostas no campus durante o evento de comemoração de 25 anos do curso de Design de Superfície da referida universidade.

Confira depoimentos de alunos que participaram:

Stella Sapper

“A criação e o desenvolvimento de uma estampa demandam bastante trabalho e um processo cíclico. Por dias nos envolvemos no processo de criação para finalizar uma composição que atinja os objetivos do projeto. É gratificante quando finalmente temos a oportunidade de visualizar o resultado impresso em um tecido.  A Real Estúdio proporciona que todo esse processo seja materializado, consolidando o projeto. A impressão facilita a percepção das cores e formas da estampa, bem como sua aplicabilidade em diferentes produtos. É muito bom poder contar com uma empresa que concretize nossos projetos com qualidade!”

Rafael Agatti Durante

“Sou graduando do curso de Artes Visuais com ênfase no Atelier de Design de Superfície e Estamparia da Universidade Federal de Santa Maria. Ver meus trabalhos de Atelier impressos em tecido foi uma experiência bem diferente, pois estamos acostumados a vê-los somente de maneira digital e impressos sobre papel. É muito satisfatório estar frente a uma estampa impressa no tecido, que foi arquitetada e produzida de maneira tão minuciosa. Sem dúvida, é uma forma de estimular o futuro profissional.”

Mariana Binato de Souza

“Mais do que criar estampas, o papel do designer de superfície hoje é adequar-se às novas técnicas de impressão e finalização do seu trabalho. Através da oportunidade de impressão de tecidos com a empresa Real Estúdio pudemos nos aproximar das criações feitas em sala de aula de uma maneira mais conectada com a realidade de mercado. Os tecidos impressos, além de criarem a oportunidade de adequação dos estudos iniciais, proporcionam a nós estudantes percebermos nosso trabalho com o movimento e a sutileza característica dos tecidos.”

Cristiane Ziegler Leal

“No design sempre que projetamos algo, ficamos imaginando como ficaria o produto real. Quando desenvolvemos estampas, igualmente imaginamos como seria aplicada em uma superfície. Quando nossas estampas são impressas, percebemos o quão prazeroso é ver. Tal sensação a Real Estúdio me proporcionou, realizando esta parceria com acadêmicos da UFSM.”


Calixto Bento

“Não havia trabalhado sobre tecido ainda e tinha dificuldade em imaginar o movimento das peças estampadas. Logo que recebi as amostras da Real Estúdio, minhas expectativas foram superadas! A impressão foi extremamente fiel ao arquivo enviado e a qualidade do material é surpreendente. Pretendo aplicar o material na minha pesquisa mais vezes”.

Camila Zappe Pereira

“O trabalho em ateliê é composto por processos. Alguns baseados no racional, mas grande parte da construção artística repousa sobre o instintivo. No decorrer do desenvolvimento de uma estampa a superfície nunca é esquecida, é sobre ela que projetamos nossos anseios criativos e vislumbramos futuros resultados. Ver o trabalho pessoal, fruto de um processo acadêmico, impresso sobre a superfície têxtil do algodão nos permite, como alunos, ter a satisfação de presenciar um resultado profissional e de qualidade. Isto fortalece o contexto e a área de produção e desenvolvimento criativo dentro da academia, e nos incentiva como alunos a continuar neste trajeto fortalecendo a boa relação entre universidade e indústria.”

Leave a Reply

Design de superfície concretizado em amostras